segunda-feira, 13 de junho de 2016

O Significado de "Liturgia"

Originalmente, 
"liturgia" significava
"serviço público".


Atualmente a palavra "liturgia" é empregada para designar qualquer atividade regular prescrita das igrejas cristãs. Entretanto,  mesmo sob o ponto de vista religioso, refere-se especialmente à eucaristia. Segundo o livro "The World's Religions" ("As Religiões do Mundo") (1), de vários autores, a eucaristia é o ato central da adoração cristã, instituído pelo próprio Jesus durante a ceia com os apóstolos na noite da véspera de sua morte. A eucaristia envolve o pão e o vinho compartilhados e sacramentalmente associados respectivamente ao corpo e ao sangue de Jesus. 
A palavra "liturgia" se originou de sua correspondente no antigo grego, que significava "serviço público" e, ao mesmo tempo, "serviço do culto". Sob o ponto religioso, é qualquer celebração, cristã ou não, desde que seja pré-definida e de acordo com as tradições peculiares à religião, seja esta qual for. Entre os católicos, a liturgia pode um ritual elaborado como a missa ou uma atividade diária. Entre todas as denominações cristãs, e principalmente entre católicos, ortodoxos, presbiterianos, batistas e metodistas, a liturgia é considerada um ofício ou serviço indispensável e obrigatório por ser o centro do culto de adoração a Deus. Esses eventos são chamados "cultos litúrgicos" ou "celebrações litúrgicas" por serem considerados ao mesmo tempo oficiais e públicos. 

(1) Publicação da Lion Handbooks - Londres, Inglaterra. 

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

"Astronauta" e "Cosmonauta"





Em português, tal como em outros idiomas, há situações em que duas ou mais palavras têm o mesmo significado mas elas coexistem porque têm origens diferentes. Este é o caso de "astronauta" e "cosmonauta" e também de "cosmo", "cosmos" e "Universo". 

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Maremotos também são terremotos.

Todos os maremotos
são terremotos,
mas nem todos os terremotos
são maremotos.



É correto dizer que ocorrem terremotos no mar? Sim. Embora eles sejam mais conhecidos como "maremotos", são também terremotos. Os fenômenos mais conhecidos como "terremotos" são abalos sísmicos que resultam de uma liberação de energia que ocorre na crosta terrestre, geralmente por causa de choques entre placas tectônicas. Quando isto atinge as cidades, ocorrem tragédias como a da foto 2 na ilustração.
Ocorre que há crosta terrestre e placas tectônicas também nas profundezas dos oceanos dos mares e oceanos. "Terremoto" é "tremor de terra". Nas profundezas marítimas e oceânicas, o mesmo fenômeno também faz a terra tremer. Portanto nestes casos, são terremotos específicos, chamados maremotos por causa dos efeitos que causam nos mares, mas de qualquer forma são terremotos. Estes geralmente causam ondas gigantes que resultam também em tragédias quando há cidades próximas do litoral, como mostra a foto 1. 

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

"Senso" e "Censo"





Saber as diferenças entre os significados destas palavras é uma demonstração de bom senso.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Conceito, Concepção e Ideologia.

O que muita gente
interpreta como "ideologia" 
tem outro nome:
"Ideário".

 
"Conceito" é uma faculdade cognitiva de cada pessoa. Tem relação com "concepção" - não no no sentido biológico, de nascimento de um ser vivo, mas no sentido de dar origem a uma ideia ou a uma realização. Vem do verbo "conceber", que significa "formar", "criar". Portanto, cada conceito é formado e criado na mente de uma pessoa segundo suas próprias conveniências, podendo ser baseado em fatos, mas não necessariamente em verdades. "Fato" e "verdade" são duas coisas diferentes. O fato é algo cuja realidade pode ser comprovada. A verdade é algo que está em conformidade com os fatos, mas apenas sob o o ponto de vista da pessoa. Por esta razão existe a palavra "preconceito" , que vem de "pré conceito". Ou seja, "conceito estabelecido antes de se conhecer o fato". Desta forma, julgar uma entidade ou organização apenas por suposições, especulando os significados de seus símbolos ou a razão de seus segredos, é preconceito.
"Ideologia" é todo sistema filosófico que relaciona a origem de uma ideia ou pensamento às percepções que a pessoa tem em relação ao mundo em que ela vive. A ideologia marxista, por exemplo, é aquela que Karl Marx revelou em seu livro "O Capital", relacionando poderes econômicos de um grupo de pessoas dominadoras (ou dominantes) sobre as pessoas dominadas. Este, no entanto, era apenas um ponto de vista de Karl Marx na área da economia. De um modo geral, o que a maioria das pessoas costuma chamar de "ideologia" na verdade tem outro nome: "ideário", que é um conjunto de ideias que revelam sua visão do mundo.


Fontes: 

  • Wikipedia
  • Dicionário Aurélio Buarque de Holanda